Manual geral para a instalação de eletrificadores de cercas.

Nosso objetivo aqui é passar ao pecuarista algumas informações básicas de como montar a cerca elétrica e ligar o eletrificador de cercas. Neste informativo, exemplificamos com um eletrificador do tipo combinado, ou seja, que opera por rede elétrica e bateria ao mesmo tempo, lembrando que a placa solar é somente para os eletrificadores operados com bateria. Se no seu caso for um eletrificador que opera apenas por rede elétrica, basta ignorar as informações referentes a bateria e a placa solar e se for um eletrificador operado por bateria, ignora-se as referentes a rede elétrica, no mais é similar a todos os eletrificadores fabricados dentro das normas eletrotécnicas internacionais 60335-2-76 I.E.C:1997+A1:1999.

Instale o eletrificador num local, totalmente seco, protegido do sol, das chuvas e de neblinas, numa altura onde os animais e as crianças não possam mexer, próximo de uma tomada elétrica de 220 Volts ou de uma bateria com 12 Volts e de ambos se o eletrificador for do tipo combinado, neste caso na falta de energia elétrica ele passará automaticamente a operar por bateria.

O aterramento elétrico: Crave na terra e reto para baixo, num lugar úmido, distantes 4 metros entre si e a mais de 10 metros de qualquer outro tipo de aterramento elétrico, algumas hastes cobreadas com 2,4 metros de comprimento cada uma e interligue-as com um fio sólido ( de luz ) até o terminal "TERRA" do aparelho.

Atenção: Se no terminal "TERRA" der choque, é preciso instalar mais hastes cobreadas, da mesma forma como as primeiras, pois as perdas elétricas ocorridas nos aterramentos elétricos, deixarão a cerca "fraca".

A cerca: Construa-a com um ou mais fios de arame liso e galvanizado N.º 14 ou N.º 16, distantes a mais de 2 metros de outras cercas diferentes e de 15 metros das redes elétricas, passando os arames em isoladores do tipo roldana de tamanho igual ou maior que 40 X 40 de boa qualidade, ou em isoladores apropriados para tal finalidade, fixados em estacas de madeira beneficiada, ou de mato, numa altura adequada para cercar os animais, mantendo-a isolada e livre do contato com a vegetação, roçando todas as sobras pôr baixo dela em toda a sua extensão quando necessário.

É proibido usar arame farpado na construção da cerca elétrica, pois compromete a segurança.

É obrigatório usar placas de advertência de cercas elétricas, instaladas na mesma, ou nas estacas de sustentação da mesma, em intervalos regulares, com o tamanho mínimo de 20 cm X 10 cm, na cor amarela, inscrito em ambos os lados "TOME CUIDADO, CERCA ELÉTRICA" na cor preta ou o seu SÍMBOLO correspondente, conforme é especificado nas normas técnicas internacionais, 60335-2-76 I.E.C:1997+A1:1999, páginas 65 e 69 prevenindo assim, possíveis acidentes ou fatalidades com as pessoas que circulam próximas das cercas elétricas, principalmente as que são portadoras de problemas cardíacos, as crianças e os leigos. Sob algumas condições, as cercas elétricas também podem apresentar um risco de incêndio e devem portanto, serem instaladas de forma que não venham oferecer perigo aos seres vivos e nem ao meio ambiente.

Atenção: EXISTEM DIVERSOS ELETRIFICADORES NACIONAIS, MESMO CERTIFICADOS PELO inmetro, QUE TRAZEM ENGANOSAMENTE EM SUA DESCRIÇÃO, QUILOMETRAGENS ABSURDAS QUE NÃO CONDIZEM COM A REALIDADE TÉCNICA, NÃO SE ENGANE.

Entenda que: O que realmente vale, não são os quilômetros impressos nos eletrificadores e sim os Joules.

Cada 1 Joule é para abastecer 10Km de cerca elétrica.

RECOMENDO para o melhor funcionamento das cercas elétricas, que para cada Joule 1, abasteça uma cerca de no máximo uns 3Km.

PALAVRAS DE QUEM TRABALHA A MAIS DE 30 ANOS NA ÁREA eletrônica.

Também, não é apenas o eletrificador de cercas quem determina a quilometragem de uma cerca elétrica e sim a qualidade de todos os elementos que a compõem e principalmente as condições climáticas e geográficas, peculiar de cada localidade. O melhor desempenho na maior parte dos casos, é obtido quando a extensão da cerca não ultrapassar os 30% da capacidade máxima do eletrificador, em Joules, ficando o restante como reserva para cobrir eventuais perdas elétricas ocorridas nos cercados elétricos. A cerca elétrica deverá ser construída dentro de um raio máximo de 3Km ao redor do aterramento elétrico ligado no eletrificador e ficar bem isolada do contato com a vegetação.

Prevenção contra raios e relâmpagos: Sugerimos que se faça uma "mola" de fio sólido 1,5mm, com umas 100 espirras ou mais, com a ajuda de um cabo de vassoura e deixe-a próxima do eletrificador com o seu comprimento suficiente para a ligação até a cerca elétrica. Também é altamente recomendável a utilização de um Kit pára-raios para cerca elétrica, seguindo o manual de instruções do Kit, ou então desligue totalmente o seu eletrificador, principalmente das ligações cerca e terra. A grosso modo, a cerca não deixa de ser uma "antena" que capta as energias liberadas pela natureza e até mesmo de ser atingida pôr algum raio.

Manutenções nas cercas elétricas e nos aterramentos elétricos, só poderão serem feitas com o eletrificador totalmente desligado.

Os materiais necessários são: Algumas hastes cobreadas, com 2,4 metros de comprimento cada, para o aterramento elétrico; arame liso e galvanizado N.º 14 ou N.º 16, para a construção das cercas e dos piquetes; alguns metros de fio sólido 1,5 mm ( de luz ), para as ligação do terminal "CERCA" (através da mola ) e de 4 mm para a ligação do terminal "TERRA" até as hastes; diversos isoladores especiais para cercas elétricas, estacas de madeira ou então, se preferir estacas especiais de plástico, fibra ou PVC, a disponibilidade de uma tomada elétrica e/ou de uma bateria automotiva e se optar uma placa solar.

Atenção: O uso de materiais impróprios comprometem a segurança e o bom funcionamento da cerca elétrica.